Marcadores

15 bons motivos 365sorrisos abertura abhyasa adhomukha svanasana ahimsa alegria alimentação alinhamento alma amizade amor Ana Borella Analu anjali mudra ansiedade aparigraha aprendizado aquieta a mente ardha uttanasa arrependimento artrite arvore do ioga asana ásana asana do mês ashtanga vinyasa yoga atitudes atma Aula de yoga aulão aulas de yoga auto-estudo balão balasana bambu Bioenergética BKS Iyengar caminho caridade Casa do Yogue cautela centro comunitário chacras ciclo menstrual cifose cobra compaixão condução consciência consciencia corporal consciência corporal contentamento coração corpo cortisol cotidiano crença criança Dalai-Lama Débora Rey desapego Desikachar Deus devoção dia mundial sem carro diabetes dicas para a pratica disciplina disco disposição divulgação documentário dor doula eficaz emagrecimento emoção encontro entrega envelhecimento envoltórios equilíbrio escolha espaço de yoga essencial estabilidade estatística estresse estudar ética ética universal eventos evolução experiência Fabiana Rodrigues fadiga falatório felicidade férias fertilidade fibromialgia filme flexibilidade Floripa frequência cerebral funcionamento das células Gandhi Ganesha gestantes Geta Iyengar girassol glicemia Glória Arieira gratidão guruji habilidade hatha yoga Hermógenes honestidade Horários humildade Ibirapuera informação insônia intensivo interno Introdutório I inverno invertido invocação a Patanjali invocações Iswara Iyengar Iyengar em Pinda Iyengar em Taubaté Iyengar Yoga Iyengar Yoga em Pinda Iyengar Yoga em Pindamonhangaba jabuticabeira juntos karma yoga kriya kuruntha leitura leveza liberdade Ligh on Yoga lista livros lixo tóxico Lois longevidade lua luz mandala Mandala yoga mantra mãos em prece Marcos Rojo mat mauna meditação meio ambiente moderação motivos mudança músculos nada nadis Namaskar narinas natureza novidade nyamas obesidade infantil obrigação olhar om ondas cerebrais oração Paramahamsa Yogananda parivrtta trikonasa partner yoga parto paschimottanasana passado Patanjali paz paz no dia a dia perdão perfeição pesquisa Pinda Pindamonhangaba Poema Se poluição postura power yoga prakiti pranayama PranaYoga Journal pratica prática prática constante pratica pessoal pratyahara prazer presença pressão alta professor props puja purusa recomeçar refém reflexões religião remédios respiração restaurativa restauro resultado retorno rigidez rosa sadhana sala de yoga samskara sanscrito santoscha satchakra saudação ao sol saúde savasana sentimentos Shiva Sidarta Gautama significado silêncio simplicidade sistema imunológico sistema linfático sol sorriso surf Surya surya namaskar tapas tensão torso humano trajetória transformação união útero vairagya Vale do Paraíba valores vedanta vela verdade viparita karani Viver yoga pela paz vulnerabilidade Workshop yamas yoga yoga em Pinda yoga em Pindamonhangaba yoga em Taubaté yoga no bosque yoga para mulheres yoga para todos yoga pela paz Yoga Terapia Hormonal Yogananda yogues

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Para que serve um Workshop de Yoga? - Leonor Castilho



Como é que se aprende Yoga? 
Praticando Asanas, mais tarde acrescentando Pranayama e aos poucos indo integrando na pratica todos os patamares do Yoga.
Iniciamos o percurso com duas aulas por semana, depois começamos a praticar também em casa, pouco a pouco, diariamente; este processo da prática pessoal demora muito tempo a consolidar-se. Lembro-me de quando iniciei o Yoga chegar a casa e tomar nota de tudo o que tinha feito, quais as asanas e qual a sequência,  para depois a poder experimentar sozinha por minha conta, com tempo para repetir e experimentar de novo.

O Primeiro Workshop de Yoga
Quando comecei a praticar Yoga, em 93, logo nesse primeiro ano, participei em um fim de semana de yoga, com um Mestre convidado.
Foi um pouco deslumbrante para mim....conheci mais pessoas que falavam a minha linguagem e tinham os mesmos interesses.....Achei-me um “bicho menos raro”. E percebi melhor algumas coisas que eram ditas nas aulas e que, às vezes, não me faziam sentido.

Desde então, sempre procurei aprofundar os meus conhecimentos de Yoga. E todos os anos lá rumava por uma semana, para algum local (infelizmente fora do meu País) onde um professor conceituado ensinava aquilo que eu tanto queria saber e que me parecia necessitar de uma aprendizagem por tempo ilimitado.

Mas quanto mais aprendia, para além de melhor perceber a minha ignorância, mais eu me interessava pelo assunto e mais tinha a certeza de que “várias vidas” serão precisas para algum conhecimento verdadeiro. Ao mesmo tempo, pensava que, assim sendo, “não há tempo a perder, tenho de filtrar a informação, criar prioridades e segui-las e aprofundar o “tema” de imediato".

Viajar para aprender Yoga
E assim fiz, e durante muitos anos canalizei todas as minhas poupanças para poder viajar e pagar cursos em Espanha, França, Reino Unido e India. Sempre foi dificil - para além do aspecto económico, havia também o lado da família e das férias “gastas” com a prática do Yoga.

Os Workshops de Yoga no Porto
Quando comecei a ter mais acesso a esses professores, porque eu própria passei também a ensinar e assim encontrava-me com os restantes professores frequentemente, pensei que teria de os trazer ao meu País, facilitando a vida a quem pratica yoga ou quer vir a praticar. Assim podem aprender “em casa” aquilo que eu tive de procurar fora. Mas não é minha intenção “coleccionar” nomes ou professores. Tivemos há alguns anos Rajiv Chanchani e iremos tê-lo por cá de novo e temos habitualmente Jayne Orton, uma vez por ano, para um fim de semana alargado. Também o professor Patxi Lizardi vem três vezes por ano a Portugal, mas neste caso os workshops não são abertos a todos.

Para mim, que tive de lutar para abrir caminho neste “carreirinho” estreito (e já agora, diga-se que é um caminho sem volta) que é o Yoga, que tive de viajar vezes sem conta para aulas e sessões de prática intensa com o meu Professor que ensina em Madrid,  ter um professor cá, no “nosso sítio”, no Centro de IYENGAR® Yoga do Porto, é ..... um luxo!

Mas porque são estes workshops importantes?
Para que serve um workshop de Yoga?
A prática e o ensino, sendo aqui mais alargado, possibilita um tipo de abordagem mais detalhada e exemplificada das asanas do que acontece normalmente nas aulas de 90 minutos. A condução para as posturas seleccionadas pelo professor, é aqui feita através de posturas preparatórias com explicações e até adaptações às limitações da cada aluno. As dificuldades podem aqui ser geridas de forma eficiente, sendo assim ultrapassadas ou contornadas. 

Uma das curiosidades que sempre verifiquei nos workshops, era o facto de os mesmos ajustamentos, quer acções quer movimentos, serem abordados e ensinados com linguagem diferente e focus diferentes. Ou seja, muitas vezes não percebemos exactamente o que pretende o professor com determinadas expressões (exemplo: “ancas compactas”); mas outro professor pode explicar exactamente a mesma acção com diferentes palavras que para nós fazem todo o sentido (“anca direita contra a anca esquerda e vice versa”). 

Yoga - Corpo, Mente, Alma
Enfim, em uma só palavra, os Workshops de Yoga, neste caso de IYENGAR® Yoga, ajudam-nos a aprofundar os nossos conhecimentos, a nossa prática. Conectam-nos mais profundamente connosco. Para um principiante, a sua prática avança. Para um não principiante, a interconexão vai-se manifestando - corpo, mente e respiração unem-se em cada asana. Fazem-nos avançar neste nosso caminho e assim ir sentindo de forma mais consciente, os benefícios da prática de Yoga.
Depois de isto dito, o que acham? Valerá a pena participar nestes Workshops? Qual é a vossa opinião?


Forte abraço a todos!
Ana Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário