Marcadores

15 bons motivos 365sorrisos abertura abhyasa adhomukha svanasana ahimsa alegria alimentação alinhamento alma amizade amor Ana Borella Analu anjali mudra ansiedade aparigraha aprendizado aquieta a mente ardha uttanasa arrependimento artrite arvore do ioga asana ásana asana do mês ashtanga vinyasa yoga atitudes atma Aula de yoga aulão aulas de yoga auto-estudo balão balasana bambu Bioenergética BKS Iyengar caminho caridade Casa do Yogue cautela centro comunitário chacras ciclo menstrual cifose cobra compaixão condução consciência consciencia corporal consciência corporal contentamento coração corpo cortisol cotidiano crença criança Dalai-Lama Débora Rey desapego Desikachar Deus devoção dia mundial sem carro diabetes dicas para a pratica disciplina disco disposição divulgação documentário dor doula eficaz emagrecimento emoção encontro entrega envelhecimento envoltórios equilíbrio escolha espaço de yoga essencial estabilidade estatística estresse estudar ética ética universal eventos evolução experiência Fabiana Rodrigues fadiga falatório felicidade férias fertilidade fibromialgia filme flexibilidade Floripa frequência cerebral funcionamento das células Gandhi Ganesha gestantes Geta Iyengar girassol glicemia Glória Arieira gratidão guruji habilidade hatha yoga Hermógenes honestidade Horários humildade Ibirapuera informação insônia intensivo interno Introdutório I inverno invertido invocação a Patanjali invocações Iswara Iyengar Iyengar em Pinda Iyengar em Taubaté Iyengar Yoga Iyengar Yoga em Pinda Iyengar Yoga em Pindamonhangaba jabuticabeira juntos karma yoga kriya kuruntha leitura leveza liberdade Ligh on Yoga lista livros lixo tóxico Lois longevidade lua luz mandala Mandala yoga mantra mãos em prece Marcos Rojo mat mauna meditação meio ambiente moderação motivos mudança músculos nada nadis Namaskar narinas natureza novidade nyamas obesidade infantil obrigação olhar om ondas cerebrais oração Paramahamsa Yogananda parivrtta trikonasa partner yoga parto paschimottanasana passado Patanjali paz paz no dia a dia perdão perfeição pesquisa Pinda Pindamonhangaba Poema Se poluição postura power yoga prakiti pranayama PranaYoga Journal pratica prática prática constante pratica pessoal pratyahara prazer presença pressão alta professor props puja purusa recomeçar refém reflexões religião remédios respiração restaurativa restauro resultado retorno rigidez rosa sadhana sala de yoga samskara sanscrito santoscha satchakra saudação ao sol saúde savasana sentimentos Shiva Sidarta Gautama significado silêncio simplicidade sistema imunológico sistema linfático sol sorriso surf Surya surya namaskar tapas tensão torso humano trajetória transformação união útero vairagya Vale do Paraíba valores vedanta vela verdade viparita karani Viver yoga pela paz vulnerabilidade Workshop yamas yoga yoga em Pinda yoga em Pindamonhangaba yoga em Taubaté yoga no bosque yoga para mulheres yoga para todos yoga pela paz Yoga Terapia Hormonal Yogananda yogues

terça-feira, 25 de junho de 2013

Ioga ajuda a melhorar a imunidade

Prática regular reduz os níveis de substâncias relacionadas ao envelhecimento e ao estresse do organismo.

Um estudo realizando pela Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, mostrou que mulheres que praticam ioga regularmente têm no sangue níveis mais baixos de citoquinas – substâncias inflamatórias ligadas ao estresse e ao envelhecimento.

A pesquisa, publicada na edição de janeiro da revista mensal da Sociedade Americana de Medicina Psicossomática, mostrou que as praticantes de ioga tinham níveis reduzidos de interleuquina-6 (IL-6) no sangue. A IL-6 é um tipo de citoquina já relacionado a doenças como infarto, acidente vascular cerebral, diabetes do tipo 2, artrite e a uma série de outras enfermidades relacionadas ao envelhecimento.
Mesmo após vivenciar experiências estressantes as praticantes regulares de ioga mostraram aumentos menores de IL-6 em relação às que tinham a mesma idade e peso, mas não eram praticantes regulares da técnica.
“Nossos resultados mostram que as pessoas podem aprender a responder de forma menos intensa aos fatores estressores do dia-a-dia usando a ioga e outras modalidades capazes de reduzir o estresse” afirma a professora de psiquiatria e psicologia Janice Kiecolt-Glaser, principal autora da pesquisa.
Sessões de estresse
Para chegar às conclusões publicadas os pesquisadores reuniram um grupo de 50 mulheres com idade média de 41 anos. Elas foram divididas em dois grupos: inciantes, que tiveram aulas ou praticaram em casa com a ajuda de vídeos de ioga por não mais do que 12 sessões), e experts, que praticaram ioga uma ou duas vezes por semana nos últimos dois anos ou pelo menos duas vezes por semana no último ano.
As participantes compareceram então a sessões no Centro de Pesquisa Clínica da universidade, em que responderam a questionários de avaliação de humor e dos níveis de ansiedade e forneceram amostras de sangue antes e depois de serem submetidas tarefas estressantes como mergulhar os pés numa bacia com água muito fria ou resolver uma série sucessiva de problemas matemáticos sem papel ou caneta.

Depois das sessões de “estresse” as mulheres participaram de uma sessão de ioga ou caminharam sobre uma esteira em ritmo lento, ou ficaram paradas, assistindo a vídeos monótonos. A esteira e os vídeos funcionaram como contraste às condições impostas pela sessão de ioga.
Depois de analisar as amostras de sangue retiradas em diferentes momentos do estudo os pesquisadores viram que as iniciantes tinham níveis 41% maiores de interleuquina IL-6 do que as experts.
Ron Glaser, co-autor da pesquisa e professor de virologia molecular, imunologia e genética médica, acredita que o estudo tem algumas implicações interessantes na saúde.
“Sabemos que a ação inflamatória dessa citoquina tem um papel importante no surgimento de diversas doenças. A ioga parece ser uma forma simples e agradável de acrescentar uma intervenção que pode reduzir o risco de desenvolvê-las”.
O próximo passo dos pesquisadores é iniciar um estudo clínico para averiguar se a ioga pode reduzir a ação inflamatória ligada à fadiga comum em mulheres que tiveram câncer de mama.
Forte abraço!
Namaskar _/\_

Nenhum comentário:

Postar um comentário